browser Warning Icon You are using an older version of Internet Explorer. You are viewing this site with limited functionalities.
menu

An Investor’s Guide to Indices

Capítulo 7

Ícones: O S&P 500® e o Dow®

O DOW JONES INDUSTRIAL AVERAGE (O DOW) E O S&P 500 SÃO, POR EXCELÊNCIA, OS BENCHMARKS DO MERCADO. AMBOS FORMAM A BASE DE DIVERSOS PRODUTOS DE INVESTIMENTO, SÃO PUBLICADOS PELA S&P DOW JONES INDICES E ACOMPANHAM AS AÇÕES DE EMPRESAS DE GRANDE TAMANHO DOS ESTADOS UNIDOS.

APESAR DAS SEMELHANÇAS, AMBOS OS ÍNDICES DIFEREM DE MANEIRA CONSIDERÁVEL EM ALGUNS ASPECTOS FUNDAMENTAIS:

  • Seleção de ações
  • Processo de revisão
  • Ponderação
  • Cálculo
  • Rendimento

AS MEDIDAS ORIGINAIS DO MERCADO

O Dow e o S&P 500 possuem longas e renomadas histórias.

Charles Dow começou a calcular a média diária de 12 principais ações industriais em maio de 1896, como um complemento para o Dow Jones Transportation Average™, que ele tinha criado em 1884. Dow utilizou ambas as médias para acompanhar as tendências do mercado. Em 1916, foram adicionadas 8 ações, e mais 10 em 1928, elevando o total para 30, onde permanece até hoje. Do ponto de vista de Charles Dow, esta média dos preços das ações serviria como benchmark do mercado, um papel que ela continua a desempenhar até hoje. Contudo, o que mudou, juntamente com o tamanho e a complexidade do mercado que o índice acompanha, é que o Dow já não se limita às ações industriais.

Em 1923, na tentativa de refletir as tendências do mercado, a Standard Statistics Company desenvolveu seu primeiro índice de ações. Este precursor do S&P 500 acompanhava 233 ações dos EUA e era calculado semanalmente. Em 1926, este índice foi reformulado como o Composite Stock Index, que acompanhava 90 ações e era calculado de forma diária. Ao longo do tempo, o número de títulos cresceu e a frequência de cálculo aumentou, até que em março de 1957 o S&P 500 teve sua estreia no formato atual.

Quanto à sua construção, tanto o Dow quanto o S&P 500 acompanham ações de alta capitalização dos Estados Unidos. Os componentes do Dow são empresas reconhecidas e de grande tamanho que geralmente são chamadas de blue chips. Do mesmo modo, o S&P 500 acompanha as maiores empresas das principais indústrias no segmento large cap do mercado. Todas as ações que fazem parte do Dow estão normalmente incluídas no S&P 500, onde representam geralmente entre 25% e 30% do valor de mercado.

SELEÇÃO DE AÇÕES

DESDE SUA INTRODUÇÃO NO MERCADO, O DOW E O S&P 500 INCLUÍRAM EMPRESAS DO SEGMENTO DE ALTA CAPITALIZAÇÃO DO MERCADO ACIONÁRIO AMERICANO.

A decisão final sobre quais ações são incluídas é feita por um comitê criado pela S&P Dow Jones Indices: o “Averages Committee” no caso do Dow e o “U.S. Index Committee” no caso do S&P 500.

Embora a seleção de ações do Dow não dependa de um conjunto estrito de regras, o comitê se concentra na reputação das empresas elegíveis, seu histórico de crescimento contínuo, o interesse que geram nos investidores e os setores que representam dentro do mercado mais amplo. Nos últimos 15 anos, por exemplo, foram adicionadas diversas empresas de tecnologia o que mostra o crescimento deste setor no mercado de capitais dos EUA. No entanto, ações de empresas de serviços públicos e de transporte não fazem parte do Dow, já que elas possuem seus indicadores próprios: o Dow Jones Utility Average e o Dow Jones Transportation Average.

O processo de seleção do S&P 500 é regido por critérios quantitativos (incluindo viabilidade financeira, free float, liquidez adequada e tipo de empresa), que determinam a elegibilidade de um título. Por exemplo, uma empresa deve ter uma capitalização de mercado mínima de US$ 5,3 bilhões para ser considerada elegível. O papel do comitê é escolher entre aquelas ações que cumprem com os critérios de seleção, levando em conta os setores que representam.

À primeira vista: O Dow vs. o S&P 500
O Dow: S&P 500 VS 26 de maio, 1896 Data de lançamento 4 de março, 1957 30 Componentes 500 Exclui Transporte e Serviços Públicos(medidos por outros índices Dow Jones) Setores Abrange os principais setores dos EUA Empresa de alta capitalização •Excelente reputação •Crescimento contínuo •Grande interesse nos investidores •Contribui para o equilíbrio entre setores • Critérios de seleção • Market cap ≥ US$ 6,1 bilhões• Liquidez suficiente• Free float superior a 50%• Viabilidade financeira e ganhos• Contribui para equilíbrio de setores Ponderado pelos preços das ações Ponderação Ponderado por market cap variável Conforme seja necessário, mas muito baixaa fim de manter a continuidade do índice Frequência de revisão Conforme seja necessário

PROCESSO DE REVISÃO

TANTO O DOW QUANTO O S&P 500 SÃO REVISADOS PERIODICAMENTE PARA GARANTIR QUE SEUS COMPONENTES CUMPRAM COM OS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO, MAS AS ALTERAÇÕES NA COMPOSIÇÃO DO ÍNDICE PODEM SER GERADAS POR OUTROS FATORES.

Os componentes do Dow são revisados conforme seja necessário. A fim de manter a continuidade, as mudanças são pouco comuns e a substituição de uma ação geralmente requer uma mudança considerável no negócio principal de uma empresa ou uma operação importante, tal como uma aquisição. Quando uma empresa é substituída, se realiza a revisão completa do índice, o que significa que várias mudanças podem ocorrer ao mesmo tempo.

As alterações ao S&P 500 são geralmente feitas em resposta a eventos corporativos e mudanças no mercado, e podem ser feitas em qualquer momento. A metodologia do índice fornece diretrizes específicas para a exclusão de uma empresa, por exemplo, se sua ação tiver sido removida de uma bolsa de valores ou se a companhia declarar falência. Um substituto é então selecionado a partir da lista de títulos elegíveis.

Apenas uma das 12 empresas originais permanece no Dow: a General Electric. Por outro lado, 68 das empresas originais do S&P 500 ainda fazem parte do índice (junho de 2016).

PONDERAÇÃO

UMA DIFERENÇA FUNDAMENTAL ENTRE O DOW E O S&P 500 É O MÉTODO UTILIZADO PARA PONDERAR AS AÇÕES QUE OS COMPÕEM.

O Dow é ponderado por preços, ou seja, as variações nos preços das ações de maior valor têm maior impacto no nível do índice do que as variações nos preços das ações de menor valor. Esta metodologia tem provocado que, ao longo dos anos, ações extremamente caras não tenham sido incluídas no Dow. O motivo é que as mudanças nos preços de tais ações poderiam exercer uma influência demasiado grande sobre o índice, fazendo com que o Dow fosse uma medida menos confiável do desempenho geral do mercado.

O S&P 500 é um índice ponderado por capitalização de mercado variável, que é uma medida do tamanho de uma empresa calculada mediante a multiplicação do preço de um título por seu número de ações em circulação, ajustada pelo free float da empresa. Quanto maior for a capitalização de mercado variável de um ação, maior será o impacto que uma mudança no valor desse título terá no nível do índice.

Conheça mais detalhes sobre a capitalização de mercado variável:

O QUE É O FREE FLOAT?

+

CÁLCULO

TANTO O DOW QUANTO O S&P 500 SÃO CALCULADOS MEDIANTE A DIVISÃO DE UM NUMERADOR POR UM DIVISOR.

No caso do Dow, o numerador é a soma dos preços de seus componentes. No caso do S&P 500, o numerador é a soma dos valores de mercado de seus componentes.

Ambos os índices têm seu próprio divisor, que é ajustado regularmente para manter constante o nível dos índices. Os ajustes têm o objetivo de controlar alterações como a exclusão de um componente e a adição de outro, as quais poderiam gerar uma alta ou uma queda considerável no nível de índice. Um ajuste de divisor também será necessário quando uma ação do Dow for dividida e seu preço diminuir.

Tanto o Dow quanto o S&P 500 são calculados de duas formas: como índices de rendimento de preço e índices de rendimento total. A diferença é que um índice de rendimento total leva em conta o impacto de reinvestir os dividendos pagos pelas ações que compõem o índice.

DESEMPENHO

O Dow vs. o S&P 500
31 de janeiro, 1990 – 30 de janeiro, 2015

Parabéns

Você chegou ao final do capítulo 7. Agora, teste seus conhecimentos respondendo as seguintes perguntas.

FAZER O TESTE

Escolha a melhor resposta para cada pergunta e faça clique em "Enviar" para conferir os resultados.

    • Por capitalização de mercado
    • Pelo preço de suas ações
    • São ponderadas equitativamente
    • Conforme a decisão de um comité
    • Formam a base de numerosos produtos de investimento
    • A seleção de suas ações depende completamente de regras quantitativas
    • Acompanham ações de alta capitalização dos Estados Unidos
    • A & C
    • Em geral, o Dow tem superado o desempenho do S&P 500
    • Em geral, o S&P 500 tem superado o desempenho do Dow
    • O desempenho de ambos os índices tem sido praticamente idêntico
    • O desempenho de ambos os índices tem apresentado uma alta correlação, mas é possível que um supere o rendimento do outro, dependendo das condições do mercado
    • As ações são adicionadas e eliminadas apenas durante revisões anuais programadas
    • As ações são removidas imediatamente após sua capitalização de mercado deixar de atingir um patamar predefinido
    • As ações podem ser adicionadas ou eliminadas em qualquer momento, e estas alterações são geralmente feitas como reação a fusões ou aquisições de empresas
    • As ações são substituídas quase nunca a fim de manter a continuidade do índice
    • Seu nível de diversificação
    • Seu desempenho em longo prazo
    • A qualidade de seus componentes
    • Sua capacidade para medir o mercado de forma confiável
ENVIAR
CANCELAR